Xin Hai Niu ganha reforços na dragagem do Porto de Paranaguá

O Porto de Paranaguá recebeu nesta semana, o reforço de mais duas dragas para o serviço de dragagem se juntando ao Xin Hai Niu.

A terceira etapa do programa de dragagem de regularização dos portos paranaenses, que teve início no mês de novembro/2013, segue em ritmo intenso e alguns trechos entram em fase de conclusão. Ao mesmo tempo, os três dragas trabalham para retirar um total de quase 7,7 milhões de m³ de sedimentos. O prazo de conclusão da obra é de 13 meses.

A maior campanha de dragagem da história dos portos paranaenses somente poderia ser realizada com um grande parque de dragas. A preocupação do Governo do Estado é não apenas executar a obra em menor tempo, para minimizar os impactos nas operações portuárias, mas principalmente realizar a obra com excelência.

Como explica o superintendente dos Portos do Paraná, Luiz Henrique Dividino, a dragagem tem que ocorrer sem que as operações dos portos sejam paralisadas.

Ainda segundo Dividino, até a próxima semana, se tudo correr como o previsto, todos os berços estarão dragados, livres para operar com plena capacidade.

Elbe em Paranaguá

A draga Elbe chegou em 09/03/2014 em Paranaguá e está dragando desde o dia 12/03/2014 os berços de atracação. Nesta semana, está dragando os berços 209 (centro) até o final do TCP (217). Em seguida irá dragar os berços 208 ao 201. A previsão nesta etapa, é retirar 200 mil m³ em uma semana. Depois, segue para o píer de inflamáveis e para o Porto de Antonina. As profundidades dos berços que serão restabelecidas, variam de 8 a 13 metros.

Posteriormente, a draga voltará para Santos para realizar os serviços de dragagem.

Hang Jun 5001 em Paranaguá

Depois em 12/03/2014, chegou a draga Hang Jun 5001 irá dragar a bacia de evolução do píer de inflamáveis, canal do Surdinho (canal alternativo, com profundidade de 12 metros), e o Porto de Antonina (profundidade de nove metros).

Xin Hai Niu em Paranaguá

E desde o final de 2013 em Paranaguá, a draga Xin Hai Niu, concluiu a dragagem da bacia de evolução (de profundidade de 12 metros, de onde foram retirados cerca de 1,3 milhão m³ de sedimentos) e atualmente trabalha no canal de acesso ao Porto de Paranaguá. Este trabalho no canal externo, de profundidade entre 13 e 15 metros, foi dividido em três etapas (por áreas Bravo 2, Bravo 1 e Alfa). Na primeira etapa, a atual, serão dragados 200 mil m³. No total, nessa área externa, serão 2,5 milhões de m³ removidos.

A DTA Engenharia é responsável pela obra do serviço de dragagem.

 

Fotos: Nájia Furlan – APPA

Fonte: Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina – APPA

Xin Hai Niu

Segue imagens da draga Xin Hai Niu, demandando de Santos em 06/10/2013 para o serviço de dragagem no Porto de Santos.

Nome: Xin Hai Niu

IMO: 9557642

Indicativo: BQDN

Ano de Construção: 2009

Construtor: Guangzhou Wenchong Shipyard Co Ltd – Guangzhou, China

Armador: CHEC Dredging Co Ltd – Xangai, China (China Communications Construction Co Ltd (CCCC) – Pequim, China)

Operador: CCCC Shanghai Dredging Co Ltd – Xangai, China

Comprimento: 134,40 m

Boca: 25,32 m

Calado: 7,40 m

Arqueação Bruta (Gross): 11.701 t

Porte Bruto (DWT): 15.403 t

Porto de Registro: Xangai

Bandeira: China Bandeira da China

 

Fotos: Henrique Ferrinho