Seaeagle

Segue imagens do navio graneleiro Seaeagle, demandando de Santos em 03/01/2014 para atracação no armazém 19 da Rumo Logística para o embarque de 60.340 t de açúcar. Procedente de Mīnā’ Şaqr (Emirados Árabes), suspendeu dia 06/01/2014 por volta das 8 h com destino a Jebel Ali (Emirados Árabes).

O navio já escalou Santos como Cemtex Renaissance em 05/03/1998 e 13/04/2011.

Nome: Seaeagle

IMO: 9153056

Indicativo: 9HA3271

Ano de Construção: 1998

Construtor: Hitachi Zosen Corp – Maizuru, Japão

Armador: Eastern Mediterranean Maritime Ltd – Atenas, Grécia

Comprimento: 223,70 m

Boca: 32,20 m

Calado: 13,43 m

Arqueação Bruta (Gross): 37.709 t

Porte Bruto (DWT): 71.663 t

Capacidade: 85.136 m³ (Grão) ou 82.337 m³ (Fardo)

Porto de Registro: Valeta

Bandeira: Malta Bandeira de Malta

Antigo Nome: Cemtex Renaissance (01/2013)

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Betis

Segue imagens do navio graneleiro Betis, demandando de Santos em sua segunda escala em 15/12/2013 para atracar no armazém 39 da ADM do Brasil. Procedente de Fujairah (Emirados Árabes), suspendeu no dia 18/12/2013 por volta das 04h com destino a Penang (Malásia).

Nome: Betis

IMO: 9537628

Indicativo: A8VN8

Ano de Construção: 2010

Construtor: New Century Shipbuilding Co Ltd – Jingjiang, China

Armador: Ocean Shipmanagement GmbH – Hamburgo, Alemanha

Operador: Reederei Thomas Schulte GmbH & Co KG – Hamburgo, Alemanha

Comprimento: 228,99 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,62 m

Arqueação Bruta (Gross): 43.506 t

Porte Bruto (DWT): 79.700 t

Capacidade: 96.500 m³ (Grão)

Porto de Registro: Monróvia

Bandeira: Libéria Bandeira da Libéria

Antigo Nome: Diana Schulte (06/2012)

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Angelic Peace

Segue imagens do navio graneleiro Angelic Peace, suspendendo de Santos em 13/12/2013, após atracar no terminal do TGG – Terminal de Granéis do Guarujá. Procedente de Singapura, atracou dia 10/12/2013 por volta das 02h e posteriormente seguiu novamente para Singapura.

Nome: Angelic Peace

IMO: 9250177

Indicativo: SZJK

Ano de Construção: 2001

Construtor: Hudong-Zhonghua Shipbuilding (Group) Co Ltd – Xangai, China

Armador: Diamlemos Shipping Corp – Pireu, Grécia

Operador: Dampskibsselskabet ‘Norden’ A/S (Steamship Company ‘Norden’ Ltd) – Hellerup, Dinamarca

Comprimento: 225 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,27 m

Arqueação Bruta (Gross): 40.597 t

Porte Bruto (DWT): 74.764 t

Capacidade: 91.717 m³ (Grão) ou 89.882 m³ (Fardo)

Porto de Registro: Pireu

Bandeira: Grécia Bandeira da Grécia

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Danae

Segue imagens do navio graneleiro Danae, suspendendo de Santos em 13/12/2013, após atracar no armazém 39 da ADM do Brasil. Procedente do Estreito de Dover (Reino Unido), atracou dia 10/12/2013 por volta das 13:30h e posteriormente seguiu com destino a Damieta (Egito).

Nome: Danae

IMO: 9290141

Indicativo: C4AM2

Ano de Construção: 2005

Construtor: STX Shipbuilding Co Ltd – Changwon (Jinhae Shipyard), Coréia do Sul

Armador: Efnav Co Ltd – Pireu, Grécia

Comprimento: 225 m

Boca: 32,24 m

Calado: 14,50 m

Arqueação Bruta (Gross): 41.059 t

Porte Bruto (DWT): 75.349 t

Capacidade: 90.155 m³ (Grão)

Porto de Registro: Limassol

Bandeira: Chipre Bandeira de Chipre

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Priscilla Venture

Segue imagens do navio graneleiro Priscilla Venture, suspendendo de Santos em sua segunda escala em 24/11/2013, após atracar na Cosipa 5 operado pela Usiminas. Procedente de Norfolk (EUA), atracou dia 21/11/2013 por volta das 14h seguindo posteriormente com destino a barra, para limpeza de seus porões.

Reatracou dia 29/11/2013 por volta das 03:30h no TGG – Terminal de Granéis do Guarujá para o embarque de 69.100 t de milho a granel, suspendendo dia 01/12/2013 por volta das 01:30h com destino a Singapura.

Nome: Priscilla Venture

IMO: 9317470

Indicativo: VRDO6

Ano de Construção: 2008

Construtor: Oshima Shipbuilding Co Ltd – Saikai, Japão

Armador: Wah Kwong Ship Management (Hong Kong) Ltd – Hong Kong, China (Wah Kwong Shipping Holdings Co Ltd – Hong Kong, China)

Operador: Oldendorff Carriers GmbH & Co KG – Lübeck, Alemanha

Comprimento: 225 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,19 m

Arqueação Bruta (Gross): 39.999 t

Porte Bruto (DWT): 77.283 t

Capacidade: 90.588 m³ (Grão) ou 88.984 m³ (Fardo)

Bandeiras: Hong Kong Bandeira de Hong Kong e China Bandeira da China

*Região Administrativa Especial de Hong Kong da República Popular da China

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Antonis G. Pappadakis

Segue imagens do navio graneleiro Antonis G. Pappadakis, demandando de Santos em 29/10/2013 para atracar na Cosipa 5 operado pela Usiminas. Procedente do Porto de Praia Mole (ES), suspendeu dia 31/10/2013 por volta das 08h com destino ao Porto de Tubarão (ES).

Curiosamente o navio escalou Santos como Atlantica entre 2001 a 2002 e 2004 a 2005.

Como Atlantica em 2000…

Atlantica

 

Atualmente como Antonis G. Pappadakis…

Nome: Antonis G. Pappadakis

IMO: 9087271

Indicativo: 9HVT8

Ano de Construção: 1995

Construtor: Hyundai Heavy Industries Co Ltd – Ulsan, Coréia do Sul

Armador: Kassian Maritime Navigation Agency Ltd – Atenas, Grécia (Zenobia Management S.A. – Montreux, Suíça)

Comprimento: 224,89 m

Boca: 32,25 m

Calado: 13,77 m

Arqueação Bruta (Gross): 39.017 t

Porte Bruto (DWT): 73.538 t

Capacidade: 86.002 m³ (Grão)

Porto de Registro: Valeta

Bandeira: Malta Bandeira de Malta

Antigos Nomes: Atlantic Crown (08/2000) e Atlantica (03/2007)

 

Fotos:

Atlantica: Rogério Cordeiro – Shipspotting.com

Antonis G. Pappadakis: Henrique Ferrinho

Lady Z

Segue imagens do navio graneleiro Lady Z, demandando de Santos em sua segunda escala em 01/11/2013 para atracar no TGG – Terminal de Granéis do Guarujá. Procedente de Singapura, suspendeu dia 05/11/2013 por volta das 18h de volta para Singapura.

Nome: Lady Z

IMO: 9465784

Indicativo: 3EWI7

Ano de Construção: 2009

Construtor: Hudong-Zhonghua Shipbuilding (Group) Co Ltd – Xangai, China

Armador: Irika Shipping S.A. – Atenas, Grécia

Comprimento: 225 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,25 m

Arqueação Bruta (Gross): 40.170 t

Porte Bruto (DWT): 75.162 t

Capacidade: 91.717 m³ (Grão) ou 89.882 m³ (Fardo)

Porto de Registro: Panamá

Bandeira: Panamá Bandeira do Panamá

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Calipso

Segue imagens do navio graneleiro Calipso, demandando de Santos em 20/10/2013 para atracar no TEG – Terminal Exportador do Guarujá. Procedente de San Nicolas (Argentina), suspendeu dia 23/10/2013 por volta das 09h com destino a Singapura.

Nome: Calipso

IMO: 9297929

Indicativo: C6UH2

Ano de Construção: 2005

Construtor: Jiangnan Shipyard (Group) Co Ltd – Xangai, China

Armador: Diana Shipping Services SA – Atenas, Grécia (Diana Shipping Inc. – Atenas, Grécia)

Operador: Cargill International SA – Genebra, Suíça

Comprimento: 225 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,05 m

Arqueação Bruta (Gross): 40.230 t

Porte Bruto (DWT): 73.691 t

Porto de Registro: Nassau

Bandeira: Bahamas Bandeira das Bahamas

 

Fotos: Henrique Ferrinho

King Milo

Segue imagens do navio graneleiro King Milo, em turnaround em 30/03/2013 para atracar no sugador 26 operado pelo T-Grão para o embarque de 63.000 t de milho a granel. O navio demandava por volta das 16h, porém na altura do armazém 33/34, o prático que realizava a manobra do navio, não confiou nos rebocadores que o auxiliavam a manobra, abortando a operação e o navio retornou para a barra por volta das 17h, somente reatracando por volta das 23h.

Procedente de Ko Sichang (Tailândia), suspendeu dia 04/04/2013 por volta das 12:30h com destino a barra. Reatracou dia 05/04/2013 por volta das 14h no armazém 31 onde completou suas operações de embarque de consumo de bordo, suspendendo dia 06/04/2013 por volta das 03h com destino a Singapura.

Nome: King Milo

IMO: 9609512

Indicativo: 3FGT3

Ano de Construção: 2012

Construtor: Oshima Shipbuilding Co Ltd – Saikai, NS – Japão

Armador: Mitsubishi Ore Transport Co Ltd (Mitsubishi Koseki Yuso KK) – Tóquio, Japão

Comprimento: 225 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,43 m

Arqueação Bruta (Gross): 40.850 t

Porte Bruto (DWT): 77.198 t

Capacidade: 91.752 m³ (Grão) ou 89.766 m³ (Fardo)

Porto de Registro: Panamá

Bandeira: Panamá Bandeira do Panamá

 

Fotos: Henrique Ferrinho

Woolloomooloo

Segue imagens do navio graneleiro Woolloomooloo, suspendendo de Santos em sua primeira escala em 20/10/2013, após atracar no TEG – Terminal Exportador do Guarujá, para o embarque de 66.000 t de milho a granel. Procedente do Porto de Praia Mole (ES), atracou dia 16/10/2013 por volta das 02:30h e posteriormente seguiu com destino a Singapura.

Woolloomooloo é uma zona portuária, no centro da cidade oriental, no subúrbio de Sydney, no estado de New South Wales (Austrália).

Cultura aborígene

A ortografia atual de Woolloomooloo é derivado do nome da primeira herdade na área, Wolloomooloo House, construído pelo primeiro proprietário John Palmer. Há um debate sobre a forma como Palmer veio com o nome com diferentes palavras aborígenes que estão sendo sugeridos. Antropólogo JD McCarthy escreveu em ‘NSW Aboriginal Places Names”, em 1946, que Woolloomooloo poderiam ser derivados a partir de qualquer Wallamullah , ou seja, lugar de abundância ou Wallabahmullah, ou seja, um jovem negro canguru.

Em 1852, o viajante coronel GC Mundy escreveu que o nome veio de Wala-mala , ou seja, de um cemitério aborígene. Também foi sugerido que o nome significa campo de sangue, devido às supostas lutas tribais aborígenes que ocorreram na área, ou que é da pronúncia por aborígines de moinho de vento, a partir do que existia em Darlinghurst Ridge até a década de 1850.

Nome: Woolloomooloo

IMO: 9584499

Indicativo: 9HA2901

Ano de Construção: 2012

Construtor: Hudong-Zhonghua Shipbuilding (Group) Co Ltd – Xangai, China

Armador: TMS Bulkers Ltd – Atenas, Grécia (Cardiff Marine Inc. – Atenas, Grécia)

Comprimento: 225 m

Boca: 32,26 m

Calado: 14,25 m

Arqueação Bruta (Gross): 41.254 t

Porte Bruto (DWT): 76.064 t

Capacidade: 90.540 m³ (Grão) ou 89.882 m³ (Fardo)

Porto de Registro: Valeta

Bandeira: Malta Bandeira de Malta

 

O armador é conhecido em Santos, por sofrer dois acidentes com navios da mesma classe. O primeiro foi com o navio Oliva, quando suspendeu de Santos em 09/03/2011 com destino a Singapura, e sofreu um encalhe no arquipélago de Tristão da Cunha, partindo o navio em dois e causando perda total deste navio. Mais sobre o acidente, no site tristandc.com, clicando aqui.

O segundo foi com o navio Milagro em 13/02/2012, quando o navio demandava de Santos para atracar no TGG. Nas proximidades do terminal, o navio preparava-se para fazer o giro e atracar no terminal a bombordo, quando colidiu-se com o shiploader do próprio terminal, causando avarias no navio e no shiploader. O navio voltou para a barra, na mesma data, aguardando nova liberação para reatracar no terminal. Reatracou no dia 26/02/2012 a boreste. Mais sobre o acidente no blog Navios de Santos, clicando aqui.

 

Referência: Wikipédia

Fotos: Henrique Ferrinho